Erro comum no stiff e em agachamentos




      Em 2002, quando comecei a fazer "musculação", os instrutores diziam que essa jogadinha da pélvis pra frente e ombros pra trás (vulgo, metidinha! rss), fazia "pegar" mais o bumbum. Conversa fiada! Isso faz a musculatura alvo perder tensão além de arriscar a coluna vertebral. 15 anos depois a Educação Física saiu da idade das trevas já há alguns anos e ainda tem gente arriscando a saúde das pessoas com essa orientação. Entendam mais sobre o assunto com a posição do Especialista em Biomecânica, Prof. Gustavo Zorzi: 


Cuidado com a inclinação de tronco para trás jovem!
😬😫♿️
Texto de caráter informativo.

👁 Se você observar atentamente as 2 figuras de cima perceberá que há uma inclinação do tronco para trás no final da fase concêntrica do movimento.
🤔Tenho recebido esse tipo de dúvida quase que diariamente nas academias em que dou aula, mídias sociais e nos cursos que ministro.
❓Onde é que esse tipo de erro ocorre?
👉🏼O mais comum é notar esse posicionamento em exercícios como o Levantamento terra, stiff, rosca direta, desenvolvimento no banco, tríceps francês, etc.
❓Tá... e daí? E por que deve-se evitar?
👉🏼Vamos lá:

* Não existe benefício do ponto de ativação vista muscular dos músculos que se gostaria de trabalhar. (Só esse argumento já bastaria)
* Inclinando o tronco para trás acentua-se a lordose lombar, expondo as facetas posteriores do seus discos a um estresse alto e desnecessário. (Alô hérnia!)
* Atletas de levantamento de peso (basistas, LPO) podem usar essa estratégia para contrabalancear o peso e de certa forma "descansar". Lembre-se que o atleta visa o resultado e não a construção de músculos.
* Acentuando a curvatura lordótica e inclinando o tronco para trás, pode alterar o padrão de ativação muscular. Por exemplo no desenvolvimento, muitas vezes observo que o jovem está tão inclinado que mais parece um supino inclinado...
* No stiff e no terra já existe um grande torque na região especialmente no final da fase excêntrica, você não precisa piorar as coisas também no final da concêntrica, correto?

❓Como fazer?
👉🏼Simplesmente pare na vertical ou ligeiramente antes se quiser manter um certo trabalho dos eretores da coluna.
Não há nenhuma vantagem em terminar o movimento se inclinando para trás.
Espero não vê-los
treinando em "itálico" por aí hein 😂😂
Um grande Abraço e bons treinos! 

SHARE

Felipe Piacesi

Personal trainer. Se você está interessado em receber orientações individualizadas sobre como realizar seu treino de musculação, conheça o meu trabalho como coach.

    Blogger Comment
    Facebook Comment

7 comentários:

  1. Uma pergunta, mais pro final do exercício: Eu sou um cara relativamente alto (1,85), e quando eu faço o carregamento dos pesos na barra para o levantamento terra, eu sempre tenho a opção de colocar dois tipos de peso: um mais alto, ou outro menor e mais gordinho. Eu sempre tenho que me alongar para além ao por barra no chão, mais ainda se estiver com a anilha menor. Há algum elemento de risco para o Levantamento Terra quanto mais próximo do chão, dado o tamanho da anilha, em especial pra caras altos como eu? Em especial se levarmos em conta que a carga de um LT é bem maior que a colocada num Stiff por exemplo. Tire essa minha dúvida numa postagem qualquer dia, Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiro aqui, agora. Desde que o exercício seja feito observando as variáveis qualitativas (http://coach.treinoqualitativo.com.br/) e você esteja apto a um exercício exigente como este, minha sugestão são anilhas menores pra que você ganhe em amplitude, afinal, dessa forma, as anilhas vão demorar mais a tocar o solo. Obrigado pela participação!

      Excluir
  2. Sou fã!!! Sempre conteúdos de qualidade!!! Parabéns Felipe.

    ResponderExcluir