Musculação e varizes



Uma dúvida muito comum é se quem tem varizes melhora ou piora esta condição quando pratica musculação. A resposta não é simples, uma vez que não há muitos estudos sobre esta relação. Mas é importante deixar claro que pretendo auxiliar aqueles que já possuem algum grau desta doença venosa. A esta altura é consenso que musculação, entre outras atividades físicas, ajuda a prevenir o surgimento de varizes, pois combate a obesidade, afasta o sedentarismo e fortalece os músculos dos membros inferiores, cuja contração funciona como uma bomba, auxiliando o retorno venoso.

Vamos aos estudos!
Uma revisão de Araújo e col (2016) concluiu que as provas sobre a eficácia de exercícios para melhorar o quadro de insuficiência venosa são escassas. Por outro lado, Ercan e col (2016) verificaram que 12 semanas de exercícios isocinéticos para a panturrilha melhoraram a qualidade de vida e a velocidade do retorno venoso, além de reduzir as dores dos pacientes. Kravtsov e col (2016)  levaram 22 pacientes com varizes a praticar exercícios voltados para o fortalecimento dos músculos posteriores dos membros inferiores. Após 60 dias, todos os sujeitos relataram melhora aparente em suas condições. Os autores também relataram que o ganho de força do músculo sóleo melhorou o fluxo sanguíneo no sentido proximal e concluíram que o fortalecimento dos músculos que fazem o "pump" venoso é uma ferramenta terapêutica adicional interessante para portadores de insuficiência venosa. Numa revisão de 2017, Orr e col mais uma vez verificaram que exercícios que fortalecem a panturrilha são importantes para melhorar a hemodinâmica dos membros inferiores.
Um estudo brasileiro (Teixeira, 2013) entrevistou 45 mulheres portadoras de varizes nos membros inferiores e praticantes de musculação, a maioria com mais de 1 ano de prática. Quando questionadas se perceberam aumento na quantidade de varizes após iniciarem a musculação, 42 das 45 mulheres responderam que não. Sobre o posicionamento de seus médicos, nenhum contraindicou a modalidade, 38% indicou e os demais não se posicionaram.

Portanto, analisando as referências científicas e as causas atribuídas ao surgimento de varizes, verificamos que não há contraindicações para a prática da musculação, ou seja, suas varizes não irão piorar. Além disso, exercícios de força para a panturrilha e músculos da coxa melhoram o retorno venoso e a hemodinâmica dos membros inferiores de uma forma geral.

ARAUJO, D. N. et al. Physical exercise for the treatment of non-ulcerated chronic venous insufficiency. The Cochrane database os systematic reviews, v. 12, 2016.

ERCAN, S. et al. Effects of isokinetic calf muscle exercise program on muscle strength and venous function in patients with chronic venous insufficiency. Phlebology, 2017. 

KRAVTSOV, P. F. et al. The influence of the training of the muscular component of the musculo-venous pump in the lower extremities on the clinical course of varicose vein disease. Vopr Kurortol Fizioter Lech Fiz Kult, v. 93, 2016. 

ORR, L. et al. The influence of the training of the muscular component of the musculo-venous pump in the lower extremities on the clinical course of varicose vein disease. Ostomy Wound Manage, v. 63, 2017.

TEIXEIRA, C. L. S. Musculação e varizes de membros inferiores: relato de experiências. Lecturas Educacion Fisica y Deportes, n. 180, 2013.
SHARE

Felipe Piacesi

Personal trainer. Se você está interessado em receber orientações individualizadas sobre como realizar seu treino de musculação, conheça o meu trabalho como coach.

    Comentários do Blogger
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário